Onde dormir e comer gratuitamente na Índia

Não, não nos referimos a couchsurfing nem a dormir numa praça nem sequer a acampar. A realidade é que é possível dormir e comer a preços muito reduzidos na Índia e com condições aceitáveis. Para terem ideia, sendo a nossa viagem low budget, a dormida mais cara que pagámos na Índia foi em Goa na altura da passagem de ano – €27.25/R$115.95, um absurdo comparado ao que vínhamos a pagar em média €6,90/R$30 para os dois por dia, geralmente em quartos privados com WC. A nível de alimentação, comemos em média por €9.20/R$40.9 os dois por dia, por vezes dividíamos a refeição, por ex. o thali.

Então mas é possível dormir e comer gratuitamente?

Uma das mais preciosas experiências que tivemos na Índia foi no Golden Temple, em Amritsar, na região de Punjab. Este templo pertence aos Sikhs, que professam uma religião própria com raiz no hinduísmo. O templo disponibiliza uma cantina comunitária enorme e muito bem organizada – chama-se a este espaço langar; aqui são servidas tantas refeições quantas as necessárias de acordo com a afluência de peregrinos e visitantes, podem chegar a ser milhares num dia. Como são muitas pessoas a comer, pareceu-nos que pelo menos risco de a comida estragar não haveria. O jantar que fizemos lá é uma memória que guardamos com carinho.

Oposta ao langar, fica a entrada para o espaço de dormidas. Os devotos literalmente acampam por onde há chão. Estávamos enganados quando achámos que faríamos o mesmo. Os guardas chamaram-nos à parte e encaminharam-nos para uma divisão reservada a estrangeiros. Registaram os nossos dados e levaram-nos aos aposentos… camas com colchão, manta quente, almofadas, cacifos e duche quente! Melhor do que muitos pardieiros onde pagámos para dormir. Em troca? Não nos foi pedido nada, nem sequer indirectamente.

No entanto, partilhamos uma boa forma de retornar a generosidade dos Sikhs – trabalho voluntário no templo. Nós depois do jantar juntámo-nos a dezenas (centenas?) de pessoas que se alinhavam para lavar loiça. Foi a nossa forma de agradecer ter sido tão bem recebidos num espaço tão sagrado como o Golden Temple.

Procurámos noutras cidades pela Índia, se poderíamos repetir a mesma experiência noutro Gurdwara, ou seja, noutro templo dos Sikhs, sem sucesso.

Então e se o budget está mesmo justo? E se preciso improvisar para passar a noite?

Passar a noite numa praça algures na Índia não é um cenário apetecível nem recomendável, na nossa opinião! As estações de comboio proporcionam salas de espera de condições básicas, mas com segurança para passar a noite. Os estrangeiros podem dirigir-se às salas das classes de bilhetes superiores sem que ninguém lhes negue entrada, geralmente. Estas têm WCs e habitualmente disponibilizam, ainda, duche e climatização do espaço – muito apreciada perante as temperaturas extremas do sub-continente indiano.

Tens outras experiências de comer e dormir na Índia? Partilha nos comentários. Viagem partilhado é viagem vivida em multiplicação.

Este é o nosso P4Kto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s